Vitória de Setúbal deixa aviso na zona dos balneários: “Vírus. Perigo de contágio”

A direção do Vitória de Setúbal afixou um aviso na zona dos balneários, antes de receber o Sporting.

Depois da virose que atacou o plantel e atingiu mais de 80 por cento dos plantel, a direção do emblema sadino recorda a quem utiliza os balneários do estádio do Bonfim que há perigo de contágio.

“Vírus. Perigo de contágio. Aconselhado o uso de máscara”, escreve o Vitória de Setúbal, num aviso que está afixado na zona de acesso aos balneários.

Julio Velázquez, técnico espanhol dos sadinos, tem apenas cinco jogadores no banco de suplentes, em vez dos habituais sete. Do onze titular, seis terão ido ao hospital: João Meira, Pirri, André Sousa, Éber Bessa, Carlinhos e Zequinha. Mansilla, que também foi ao hospital, está no banco de suplentes. Dos jogadores escolhidos para este jogo, só Leandro Vilela, Guedes e Mathiola não apanharam a virose.

O Sporting visita hoje um ‘combalido’ Vitória de Setúbal, para a 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, procurando tirar partido de um eventual ‘deslize’ do Famalicão, que antes joga no reduto do Boavista.

O conjunto de Alvalade, quarto colocado, com 26 pontos, desloca-se ao Estádio do Bonfim, a partir das 20:30, para defrontar um adversário que tem tido uma semana de trabalho anormal, devido ao vírus que afetou a maioria dos jogadores do plantel.

A possibilidade de adiamento do encontro chegou a estar em cima da mesa, mas, na sexta-feira, a Liga de clubes confirmou a realização do mesmo, depois de os dois clubes não terem chegado a acordo para a alteração.

A formação liderada por Silas vem de um desaire caseiro com o FC Porto e, quando entrar em campo, já saberá o resultado do Famalicão, que aproveitou a ‘escorregadela’ dos ‘leões’ na ronda transata para subir ao terceiro posto, com mais um ponto do que os lisboetas.

Fonte: https://sapo.pt

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter