«Tinha a camisola do Real Madrid vestida, mas Arsène Wenger fez-me mudar de opinião»

Robert Pires, antigo interncional francês, comentou, esta quinta-feira, ao diário Express, a oportunidade que teve para representar o Real Madrid.

Pires explicou que estava praticamente tudo certo para assinar com o clube merengue, até ao momento em que uma chamada do ex-treinador do Arsenal mudou o rumo da sua carreira.

«Já tinha a camisola do Real Madrid vestida, alguns jornalistas tiraram-me fotos com a camisola porque toda a gente em Espanha pensava que ia assinar com o Real», sublinhou, antes de referir o porquê de ter mudado de ideias: «O problema foi que dois ou três dias depois dessa fotografia telefonei a Arsène Wenger e ele fez-me mudar de opinião. Foi por isso que assinei com o Arsenal e foi a melhor decisão que podia ter tomado.»

Recorde-se que o ex-jogador, de 44 anos, fez parte da equipa que ficou conhecida como ‘os invencíveis’, ao conquistar a Premier League sem sofrer uma única derrota no campeonato.

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter