Sérgio Conceição revela o que disse ao árbitro para ser expulso

O FC Porto empatou esta sexta-feira frente ao Chaves (1-1), na 1.ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga. Um empate que dificulta a vida dos dragões na competição e que Sérgio Conceição teve de ver da bancada.

O técnico foi expulso ao intervalo e no final do encontro, já em conferência de imprensa, explicou aquilo que se passou no túnel do Dragão.

“A minha expulsão tem a ver com a primeira parte do jogo. Tivemos muito pouco tempo útil de jogo. Pontapés de baliza do Chaves demoravam 15, 20 segundos, as reposições também… Vim-me embora. No túnel, o árbitro entrou e eu disse-lhe que o tempo útil de jogo era muito curto. Obviamente falei num tom mais exaltado e isto à frente de 10, 12, 15 pessoas. Um árbitro com pouca confiança, pouco caráter e até algum receio, pareceu-me, pouco seguro no que fazia. Essa expulsão teve a ver com isso, com essa forma de estar dele. Foi isso que se passou à frente de seguranças, GNR, pessoas que podem testemunhar o que disse. Antes de vir para aqui vi um ex-árbitro dizer que não se pode ser expulso só porque sim, mas foi exatamente isto que se passou, com testemunhas”, contou o técnico do FC Porto.

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter