“Coates? Não é normal um jogador ter tanto azar na sua vida”

A equipa minhota alcançou três importantes pontos, nesta segunda-feira, no Estádio de Alvalade, após vencer em Alvalade, por 2-1.

Leonel Pontes, na flash-interview da Sport TV, reconheceu a diferença da qualidade da primeira para a segunda parte, falando ainda do momento difícil que Coates atravessa, sem esquecer a sua continuidade em Alvalade.

Análise à exibição da equipa: A equipa esteve muito bem na primeira parte, muito bem defensivamente e a criar situações de golo, mas na segunda parte perdemos fluidez e posse de bola. A equipa baixou bastante e o controlo do jogo também não foi o mesmo. Coletivamente a equipa do Famalicão entrou melhor e acabámos por ter apenas uma situação de golo na segunda parte.

Ambiente em Alvalade: Eu estive concentrado no jogo e nas minhas tarefas como treinador e tento me abstrair do que se passa ao meu redor. O ambiente que se vive em Alvalade acabou por passar para dentro das quatro linhas [assobios]. A saída de Vietto acabou por afectar a equipa.

Situação de Coates [auto-golo, depois de um mau jogo frente ao Rio Ave]: Situações difíceis de controlar e que acabam por prejudicar o clube e o seu colectivo. Eu não consigo dizer mais nada. São muitos erros individuais. Não é normal um jogador ter tanto azar na sua vida. É preciso acalma-lo emocionalmente. Pior do que o clube, só o jogador, que não está a atravessar uma situação nada fácil.

Longe de cumprir a missão pedida por Varandas: Tudo o que seja decidido daqui para a frente será uma conversa entre mim e o presidente. 

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter