Porto reage a decisão no e-Toupeira: “Crime é desmascarar criminosos”

O Benfica ficou esta quarta-feira a saber que não irá a julgamento por causa do processo e-Toupeira, sendo que o juiz que tinha o caso em mãos considerou que a SAD das águias não teria cometido nenhum crime que lhe pudesse ser imputado.

Francisco J. Marques, recorrendo às redes sociais, comentou a decisão do juiz, lembrando que foi punido por ter denunciado o caso e ironizando sobre o facto de ter havido tentativa de corrupção mas sem beneficiário.

“Quando alguém corrompe alguém em benefício de ninguém. Em Portugal, pelos vistos, crime é desmascarar criminosos”, escreveu o diretor de comunicação do FC Porto na rede social Twitter.

“Não merece provimento o recurso do Ministério Público e do assistente Perdigão na parte em que pretendiam a pronúncia [julgamento] da Benfica SAD como coautora de todos os crimes imputados”, referiu uma fonte do Tribunal da Relação de Lisboa à agência Lusa, explicando que as águias tinham sido ilibadas de qualquer acusação.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter