Jefferson abre o livro e acusa o Sporting de “falta de respeito”

O jornal Record publica, este domingo, uma entrevista com Jefferson, na qual o brasileiro abre o livro quanto à rescisão do contrato que o ligava ao Sporting, no passado mês de setembro.

O lateral-esquerdo admite que “não esperava” deixar Alvalade da maneira que deixou, ao final da sete anos, e lamenta a possível “má vontade de algumas pessoas”, o que levou a que o processo se ‘arrastasse’ durante todo o verão.

“Acima de tudo temos de nos sentir bem connosco. Na minha opinião, foi uma falta de respeito o método que usaram, não só comigo, mas também com os outros jogadores”, afirmou o jogador.

“Sobretudo para alguém que tinha vários anos de casa, vários títulos, e afastam assim um jogador, sabe-se lá porquê. Dizem-te ‘Vais treinar ali, separado’. É uma decisão deles, tenho de respeitar. Nunca faltei a um treino, nunca desrespeitei ninguém, mas cada um faz da maneira como acha melhor”, acrescentou.

Jefferson revelou, ainda, como foi informado da saída do Sporting: “Avisaram-me através de uma mensagem para o telemóvel e por email. Ninguém falou diretamente comigo. Não, só enviaram mensagem para ir ver o email e pronto, foi isso”.

 

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter