Gomes da Silva aponta razões para o Benfica estar “ridículo” na Europa

Na sua habitual crónica para o blogue Geração Benfica, Rui Gomes da Silva deixou duras críticas à gestão de Luís Filipe Vieira na presidência do clube da Luz. Das inúmeras contratações falhadas ao mau momento europeu do Benfica, o já garantido candidato às próximas eleições das águias, apontou três razões para a competitividade da equipa de Bruno Lage estar num “nível ridículo” na Europa.

Arrogância … por se achar acima de tudo e de todos, por se achar infalível, por achar que antes dele tudo era mau e depois dele será o caos! Incompetência … por força dos sucessivos erros em contratações que não são dignas de um Benfica europeu! Subserviência … porque se fascina com quem lhe dá palco, aproveitando as suas limitações, reduzindo, dessa forma, os canais de compra e venda de jogadores, de contratação de treinadores e de comunicação com os líderes dos outros clubes europeus que importam”, escreveu Gomes da Silva.

O antigo vice-presidente dos encarnados realça ainda que o foco não pode estar apenas e só no vencer dentro de portas.

“O Benfica não desaparecerá … mas – tal como o Celtic, o Steua, o Estrela Vermelha, o Aston Villa, o Nottingham Forest, o Hamburgo – deixará de contar para a Europa. Iremos ao Marquês … algumas vezes … até deixarmos de ir! Isso só não acontecerá se Vieira deixar de estar no palco … já daqui a um ano ou, quem sabe, mais cedo (porque ontem já era tarde)”, acrescentou ainda. 

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter