FC Porto diz ‘adeus’ aos milhões: A diferença entre o encaixe da Champions e da Liga Europa

A eliminação do FC Porto na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões vai ter consequências a nível financeiro. Os dragões caem da liga milionária para a Liga Europa e têm de apertar o ‘cinto’, visto que as receitas das duas competições são bastante diferentes.

O primeiro grande impacto tem a ver com o montante que o FC Porto não vai receber por não entrar na fase de grupos. A entrada na fase de grupos significaria um encaixe de 44 milhões de euros, fruto da posição no ranking da UEFA a 10 anos.

Além da verba pela presença, há que contar com os ganhos conseguidos pela presença na fase de grupos, da passagem por cada fase, dos prémios por empates e vitórias e ainda o market pool, verbas essas que não vão entrar nas contas azuis-e-brancas.

Os prémios desta temporada são idênticos aos da época passada, sendo que 15,25 milhões de euros (contra 15,23) correspondem à presença na fase de grupos. Uma vitória na fase de grupos vale 2,7 milhões de euros e um empate 900 mil euros, sendo que os remanescentes 900 mil euros de cada empate serão distribuídos no final pelas equipas em função das vitórias.

Uma presença nos oitavos valem 9,5 milhões de euros, estar nos ‘quartos’ dá encaixe de 10,5 milhões de euros, as ‘meias’ 12 e a final, a 30 de maio, em Istambul, 15, com o vencedor, que sucederá ao Liverpool, a receber ainda quatro suplementares.

A estes valores, acrescem ainda os do market pool, relacionados com os direitos televisivos. A UEFA distribuirá um total de 292 milhões de euros pelos 32 clubes, em função do valor proporcional dos países. O Benfica receberá os 100 por cento do valor destinado a Portugal, se FC Porto entrasse na fase de grupos, os ‘dragões’ ficariam com 40 por cento do valor.

Com a ‘queda’ para a Liga Europa, o FC Porto vai agora lidar com valores muito diferentes dos praticados na Liga dos Campeões.

Os dragões recebem 2,75 milhões de euros pela entrada na fase de grupos da Liga Europa, quando na Champions seriam 15 milhões de euros. Já por cada vitória na fase de grupos, o clube portista encaixa 570 mil euros contra os 2,7 milhões de euros da liga milionária. Os empates valem 190 mil euros, na Champions valeriam 0,9 milhões de euros.

Também as passagens a cada eliminatória envolvem verbas muito abaixo da Liga dos Campeões. Chegar aos 16 avos de final da Liga Europa rende 500 mil euros, na liga milionária as equipas passam da fase de grupos para os oitavos de final.

Chegar aos oitavos de final rende 1,1 milhões de euros (na Champions seriam 9,5 milhões de euros), os quartos de final valem 1,5 milhões de euros (na Champions 10 milhões de euros), já as meias finais significam um encaixe de 2,4 milhões de euros (na Champions 12 milhões de euros).

Já a chegada à final da Liga Europa rende 4,5 milhões de euros, enquanto a chegada à final da Liga dos Campeões se traduz em 15 milhões de euros. A única semelhança ocorre apenas na final: tanto o vencedor da Liga Europa como o da Liga dos Campeões encaixam 4 milhões de euros.

Contas feitas, se continuasse na Liga dos Campeões, o FC Porto poderia receber até 110 milhões de euros (a contar com o bonús de coeficiente). Já na Liga Europa, os dragões podem encaixar no máximo 18 milhões de euros.

Fonte: https://sapo.pt

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter