Derrota em Glasgow vale último lugar do grupo: Este dragão não cospe fogo

O FC Porto foi derrotado esta quinta-feira, por 2-0, na visita ao terreno de Rangers, em partida válida pela quarta jornada da fase de grupos da Liga Europa.

A equipa orientada por Sérgio Conceição, que adotou um esquema com três centrais (PepeMarcano e Mbemba), subiu ao relvado do Ibrox Stadium com ‘a corda toda’, jogando com as linhas avançadas no terreno e mantendo o controlo da posse da bola no meio-campo adversário.

O domínio inicial dos dragões conheceu o seu apogeu logo aos 8 minutos de jogo, quando, na sequência de um pontapé de canto, Pepe atirou de cabeça com muito perigo – a bola, contudo, foi interceptada por Kamara a poucos centímetros da linha de golo.

Ainda assim, após o primeiro quarto de hora o emblema escocês começou a mandar no jogo. O Rangers passou a ter mais bola, obrigando o FC Porto a baixar as suas linhas e a entregar a iniciativa da partida ao conjunto liderado por Steven Gerrard.

De qualquer das formas, o primeiro tempo do encontro conheceu muito, muito poucas oportunidades claras de golos, tanto do emblema português, como da equipa escocesa.

E a toada manteve-se na segunda parte, com a bola a andar sempre muito longe das duas balizas, sobretudo da do Rangers. É que a entrada da equipa do FC Porto – que viu Pepe lesionar-se logo aos 47 minutos – na segunda parte foi, pura e simplesmente, para esquecer – o primeiro remate dos dragões após o reatamento surgiu apenas aos 67 minutos de jogo.

Não surpreendeu, por isso, quando os escoceses chegaram ao golo que inaugurou o marcador: à passagem do minuto 69′, Jack ganhou a linha de fundo na direita e cruzou para a área, onde estava Morelos que, solto de marcação, recebeu a bola e disparou de forma colocada para o fundo das redes à guarda de Marchesín.

O segundo golo do Rangers surgiu pouco depois, aos 73′, e foi da autoria de Davis – o médio recebeu um passe atrasado da esquerda de Morelos, visou a baliza do FC Porto e disparou com força; a bola ainda sofreu um desvio em Marcano e acabou mesmo por entrar.

Como resultado desta dececionante derrota, o FC Porto mantém-se com quatro pontos e ocupa a quarta e última posição do grupo G desta Liga Europa, atrás de Feyenoord (que tem os mesmos quatro pontos), Rangers (7) e Young Boys (7).

Acompanhamento:

90′ – Final da partida! O FC Porto foi derrotado pelo Rangers por 2-0.

90′ – O árbitro da partida concede 4 minutos de tempo de compensação nesta segunda parte.

85′ – Rangers esgota as alterações: Defoe rendeu Morelos.

83′ – Rangers volta a mexer: Aribo entrou para o lugar de Kent.

80′ – FC Porto pressiona para tentar chegar ao golo, mas o Rangers não está a facilitar a missão da equipa de Sérgio Conceição.

Veja o segundo golo do Rangers, apontado por Davis.

No outro jogo do grupo, o Young Boys chegou ao empate (1-1).

Confira o golo de Morelos, que inaugurou o marcador da partida.

74′ – Última alteração no FC Porto: Fábio Silva entrou para o lugar de Otávio.

73′ – Golo do Rangers! 2-0. Desta vez, marcou Davis, com um remate forte de fora da área que ainda desviou em Marcano.

69′ – Golo do Rangers! Excelente finalização de Morelos, na sequência de cruzamento de Jack na direita. 1-0.

67′ – FC Porto tão perto do golo! O cabeceamento de Manafá, contudo, foi afastado por um defesa do Rangers antes de chegar à baliza. Foi o primeiro remate dos azuis e brancos nesta segunda parte.

65′ – Primeira substituição no Rangers: Arfield rende Barker na equipa escocesa.

65′ – Livre indireto para o Rangers acaba cabeceamento de Goldson, ao lado da baliza do FC Porto.

64′ – Nova alteração no FC Porto: saiu Soares e entrou Zé Luís.

60′ – Remate perigoso de Kent e defesa apertada de Marchesín. O Rangers está melhor no jogo.

53′ – Remate potente de Barisic, ao lado da baliza do FC Porto.

49′ – Confirmada a substituição no FC Porto: saiu o lesionado Pepe e entrou Luis Díaz.

47′ – Pepe em dificuldades. O central luso realizou um corte e acabou por se lesionar sozinho. Está a receber assistência médica neste momento, mas vai ter mesmo de ser substituído.

46′ – Já se joga a segunda parte! Desta vez, saiu o Rangers com a bola.

45+1′ – Intervalo no Ibrox Stadium. As equipas recolhem aos balneários com 0-0 no marcador.

45+’1 – Péssimo remate de Barker, muito por cima da baliza do FC Porto.

45′ – 1 minuto de tempo extra nesta primeira parte.

43′ – Tiro forte de Morelos, com a bola a sair completamente desviada da baliza à guarda de Marchesín.

39′ – Cartão amarelo também para Otávio, que parou Kamara em falta.

37′ – Danilo vê o cartão amarelo, por falta sobre Barker.

34′ – FC ficou a ‘cheirar’ o golo! Alex Telles cobrou livre indireto, a bola sofreu um desvio, mas o guarda-redes McGregor estava atento e conseguiu realizar uma grande defesa.

33′ – Otávio já está recuperado e de volta ao terreno de jogo.

32′ – Otávio encontra-se a receber assistência médica na sequência da falta cometida por Barisic.

31′ – Cartão amarelo para Barisic, que cometeu uma falta muito dura sobre Otávio.

31′ – Rangers muito perto de marcar! Mau passe de Uribe originou jogada rápida dos escoceses, que não chegaram ao golo graças a um excelente corte de Otávio em missão defensiva.

28′ – Kent atira para as nuvens. Remate à entrada da área do jogador do Rangers saiu muito por cima da baliza azul e branca.

23′ – O FC Porto, simplesmente, deixou de atacar. Neste momento, a iniciativa do jogo está toda do lado do Rangers, que, mesmo não conseguindo criar ocasiões, aparenta estar mais confortável no jogo.

Nota: No outro jogo deste grupo G, o Feyenoord adiantou-se no marcador diante do Young Boys: os holandeses estão a vencer por 1-0.

16 ‘ – Rangers responde ao início mais forte do FC Porto. Nos últimos minutos, a equipa escocesa já conseguiu ter a bola em seu poder durante mais tempo, causando mais dificuldades aos dragões.

12′ – Dragões novamente perto do golo. Manafá cruzou para a cabeça de Soares, que acabou por atirar ao lado.

10′ – De assinalar que os dragões estão a utilizar três defeas centraisPepe, Marcano e Mbemba -, jogando Manafá na direita e Alex Telles na esquerda.

8′ – Quase marcava o FC Porto! Na sequência do pontapé de canto, a bola foi desviada para a baliza do Rangers por Pepe, mas acabou por ser afastada muito próxima da linha de fundo por Kamara. Os jogadores azuis e brancos pediram golo, mas o árbitro mandou seguir.

8′ – Remate forte de Uribe, mas a bola foi desviada por um defesa do Rangers e saiu pela linha de fundo. É canto.

7′ – Início forte da equipa portuguesa, que está a conseguir manter a posse da bola no meio-campo adversário. Agora, falta começar a criar oportunidades junto da baliza escocesa.

3′ – Lançamento de linha lateral cobrado na direita do ataque do FC Porto, com a bola a chegar a Danilo que, à entrada da área, não conseguiu rematar. Passou o perigo para o Rangers.

1′ – Arrancou a partida no Ibrox Stadium! Saiu a jogar a equipa do FC Porto.

0′ – Os jogadores de ambas as equipas acabaram de subir ao relvado. A partida está prestes a começar.

Onzes

Rangers: McGregor; Tavernier, Helander, Goldson, Jack, Davis, Kent, Kamara, Morelos, Barker, Barisic.

FC Porto: Marchesín; ManafáPepe, Marcano, Alex TellesMbemba, DaniloUribe; Corona, Otávio, Soares.

Antevisão: Rangers e FC Porto defrontam-se esta noite, pela fase de grupos da Liga Europa. O encontro poderá revelar-se fundamental para o futuro do emblema azul e branco na competição da UEFA.

Os dragões ocupam, neste momento, o terceiro lugar do grupo G, com os mesmo quatro pontos, precisamente, que o seu adversário desta noite.

À equipa orientada por Sérgio Conceição, por isso, só o triunfo em Glasgow interessa. Afinal, o FC Porto tem a obrigação de seguir em frente nesta Liga Europa, e um triunfo colocaria o conjunto português em zona de acesso aos 16-avos de final, ou mesmo na liderança do grupo.

No Ibrox Stadium, a bola vai começar a rolar às 20h00. Fique com o Desporto ao Minuto e acompanhe, a par e passo, as principais incidências deste Rangers-FC Porto.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter