Contratação de Silas pelo Sporting é “tão ridícula como inaceitável”, diz a ANTF

Portugal

Contratação de Silas pelo Sporting é “tão ridícula como inaceitável”, diz a ANTF

Varandas, “licenciado em medicina”, criticado por escolher treinador sem qualificação

O Sporting apresentou Silas como o novo treinador, mas o técnico não tem as habilitações mínimas para poder exercer o cargo, facto que mereceu um veemente repúdio da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF).

Em entrevista à Renascença, José Pereira, o presidente da ANTF, criticou duramente Frederico Varandas, o presidente dos leões, por dar cobertura à situação.

“Custa-me a acreditar que uma pessoa licenciada em medicina, como o presidente do Sporting, admita para exercer funções quem não está devidamente habilitado. São situações tão ridículas como inaceitáveis”, afirmou.

Silas até pode orientar os treinos, mas nos jogos estará na mira da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, como lembrou o líder da ANTF.

“A nova lei determina que seja a própria ASAE a fiscalizar este tipo de situações”, realçou, exemplificando que, como adjunto (é assim que vai constar na ficha de jogo), não poderá estar estar de pé na área técnica a dar indicações.

Isto porque Silas não tem o quarto nível UEFA Pro, necessário para orientar uma equipa da I Liga.

“No Belenenses SAD tinha que estar sentado no banco, podendo dar esporadicamente uma instrução, como pode um médico, um massagista, ou um fisioterapeuta. Se incumprir no Sporting, está sujeito a multas pecuniárias e suspensões”, insistiu José Pereira.

A situação será ainda mais complicada na Liga Europa, uma vez que Silas nem sequer poderá participar nas conferências de imprensa nem nas entrevistas rápidas após os jogos.

“Poderá ir como adjunto, como acontece em Portugal. Como principal terá de estar outra pessoa com o quarto nível UEFA Pro e só essa pessoa poderá usufruir da área técnica e dar instruções aos jogadores, de acordo com a regulamentação”, reforçou.

A nível oficial, o Sporting contratou um adjunto… até ao final da época. Isto porque Silas não conseguirá obter o quarto nível antes do campeonato terminar.

“Não está nos programas da Federação fazer um curso em novembro”, explicou o presidente da ANTF, reagindo a algumas notícias que davam conta de que Silas iria obter a habilitação necessária em novembro.

“Aliás, nunca o fez e não acredito que faça um curso especial para o Silas. O próximo curso a realizar-se será no final do campeonato”, concluiu José Pereira.

Fonte: https://bancada.pt

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter