Nove ex-árbitros foram espiados a pedido de Paulo Gonçalves

José Augusto Silva, funcionário judicial que se encontra em prisão preventiva no âmbito do processo e-Toupeira, espiou nove pessoas ligadas à arbitragem, segundo avança a Sábado.

De acordo com a revista, o arguido, a pedido de Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do Benfica, utilizou credenciais de outra funcionária do Tribunal de Fafe para aceder a informações da base de dados da Segurança Social.

Belarmino Aleixo, António Manuel Perdigão da Silva, Bertino Miranda, Carlos Manuel Carvalho, Alexandre Morgado Gonçalves, Sérgio Manuel Pereira, Manuel Antunes, Tomás Rodrigues dos Santos e Jorge Manuel Farinha Nunes terão sido as personalidades investigadas por José Augusto Silva.

Partilhar:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter